Game Over nº 05

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

Alguém aí se lembra desta revista? Pois eu me lembro pouco dela, a primeira edição que comprei já era o relançamento, para acabar com o estoque e não me lembro ao certo qual número foi. Mas enfim, apesar de ser um pouco desconhecida, rende uma boa leitura.

Game Over nº 05
Editora: Escala
Data de publicação: desconhecida
Digitalizado por: crimsonphoenix
Editado por: crimsonphoenix
Qualidade: 300dpi
Número de páginas: 52
Formato: PDF e CBZ

Tamanho: 78MB

Nesta edição:

– Game Cube nacional é destaque nas News!
– Muitas análises de games e curiosidades também!
– 16 Dicas do game Onuimusha 2!
– Aprenda a cuidar do leito ótico do PS2 usando as Dicas Técnicas!
– Confira a segunda parte do detonado de Castlevania White Night Concerto (Harmony of Dissonance)!
– E o Test Drive do controle sem fio Wave Bird de Game Cube!

Nintendo World nº 63

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

Nada melhor que passar o feriadão lendo uma revista de games, ainda mais se for uma com conteúdo Nintendo!

Nintendo World Nº 63
Editora: Conrad
Data de publicação: novembro de 2003
Scan: crimsonphoenix
Edição: crimsonphoenix
Qualidade: 300dpi
Número de páginas: 64
Formato: PDF e CBZ

Tamanho: 78MB

Nesta edição:

– A edição já começa bem, com as cartas dos leitores!
– Nintendo no topo do mundo, 20 anos de Famicon e Mario Kart no Brasil foram as notícias marcantes do Hot Shots!
– Nostalgia, informação e um monte de cultura inútil, do Admirável Mundo Nintendo!
– Detone o game mais insano do Game Cube (Viewtiful Joe) e a versão perfeita do game de Nintendo (Super Mario Bros. 3) que foram as Estratégias da edição!
– Dicas e mais dicas para os mais variados games!
– Desafio Elite dos 4 foi destaque no Pokémon World!
– Mario Kart Doble Dash foi destaque na seção Especial!
– Previews e Reviews espetáculares!
– Pablo e Trivella batem um papinho de velho, na Linha Cruzada!

Nintendo World nº 81

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

É meu povo, parece que essa revista não tem na internet (pelo menos eu acho, né?) então curte o material exclusivo aí!

Agora tentarei postar as revistas mais rápido, ok?

5043b-digitalizar0001Nintendo World Nº 81
Editora: Conrad
data de publicação: abril de 2005
Scan: crimsonphoenix
Edição: crimsonphoenix
Qualidade: 300dpi
Número de páginas: 64
Formato: PDF e CBZ

Tamanho: 76MB

Nesta edição:

-O pessoal da revista como foi o Game developers Conference 2005 na seção Hot Shots!
– Estratégias completas de Baten Kaitos: Eternal Wings and The Lost Ocean para Game Cube e Final Fantasy I & II: Dawn of Souls para Game Boy Advance!
– As melhores cartas que o carteiro levou na redação!
– Cruzamento Pokémon, o milagre da reprodução é retratado na seção Pokémon World!
– Dicas imperdíveis para você!
– Reviews e Previews dos melhores games da época, com direito a uma entrevista de Takao Shimizu e Yoshiaki Koizumi, respectivamente produtor e diretor de Donkey Kong Jungle Beat, na página 47!
– Perfect Dark dá as caras na Seção Retrô!
– Link detona na Linha Cruzada!

Especial: História da Revista VideoGame

No começo dos anos 90, quando os brasileiros começaram a descobrir a mágica do video game, naquela época com a famosa guerra entre Nintendo (com o NES)  e SEGA (com o Master System) que marcou a geração.

Nesta época, havia apenas uma publicação voltada para este segmento: a revista A Semana em Ação (que mais tarde se tornaria a Ação Games), que contava com um suplemento de games. Como o mercado era promissor, a editora Sigla, também resolveu lançar um suplemento de games em sua já conhecida revista Video News. O suplemento chegou às bancas em dezembro de 1990 com o nome Video News Game (que mais tarde, se tornaria a VideoGame).

A HISTÓRIA
A VídeoGame era famosa por separar os consoles em páginas coloridas e organizar as fotos de modo que parececem uma estória em quadrinhos. Ela também foi a primeira a montar mapas de jogos, o que possibilitou a primeira edição totalmente mapeada, com o jogo Alex Kidd in Miracle World, do Master System. Logo após, outra edição mapeada, com o jogo Super Mario Bros. 3, para NES. Esta última revista levou o selo da Nintendo, sendo reconhecida como produto ofical “Seal of Quality”.

Ela também cobriu eventos importantes, como o Primeiro Videogame Shopping Festival, em São Paulo, onde Toni foi vencedor do campeonato. A pedido dos leitores, foram criadas as seções de cartas, de dicas dos leitores e de classificados. Juntamente com a evolução dos games, novos consoles passaram a integrar as páginas da revista, como PC Engine, Game Boy, Game Gear e o fenômeno Super Famicom (SNES americano), a sensação do ano de 1991.

Capa da edição número 01!
Ao final do primeiro ano da revista, a equipe já estava formada: Roberto Araújo (redator chefe), Mario Fittipaldi (editor), Toni Ricardo Cavalheiro (supervisor de jogos), Noberto Marques e Daumer de Giuli (fotógrafos), Thiago Lopes Mello, Léo Varella e Luiz Carlos Mazzaferro Jr (pilotos), Sílvia Szarf, Jô Elias e Alexandre Barros da Silva (repórteres), fora toda a equipe técnica (que envolve arte, produção, marketing, etc).

O LANÇAMENTO

A revista chegou às bancas em janeiro de 1991 e esgotou rapidamente. A aceitação foi unânime. A revista Vídeo Game voltou às bancas em fevereiro de 1991, com sua segunda edição. E à partir do número 3, passou a ter periodicidade mensal, libertando-se da Vídeo News.
A revista precisava de feras em games. Então em uma locadora em São Paulo, Mario Fittipaldi, da equipe de Video News Game, colhia dicas com o pessoal das locadoras de games pela cidade. Foi quando ele conheceu Toni Ricardo Cavalheiro, que interrompeu a conversa para corrigir uma dica, que Mario pensava estar certa. Fittipaldi então viu potencial no garoto e o convidou para trabalhar na revista. Toni se superou, revelando seu potencial de terminar games complexos em poucas horas. Assim surgiu o termo “piloto de games” que eram garotos que jogavam os games, para a equipe capturar as imagens, e inseri-las em suas páginas. Com todo a material reunido era hora de ir para as bancas.

Não podia faltar Phantasy Star em suas páginas!
Como video game era algo novo, nenhum jornalista brasileiro conhecia bem este setor, não foi fácil fazer a primeira edição da revista. Também não existiam muitas publicações do ramo, ou seja, seu alvo era desconhecido. Apesar do risco, editores, colaboradores e repórteres reuniram quatro consoles (NES, Master, Mega e Atari) e começaram a jogar. Só que a equipe ainda era pequena e era difícil conseguir boas dicas, já que o acesso a internet não era tão fácil como hoje em dia.

EVOLUÇÃO
Com o passar dos anos a revista foi so modificando, assim como a própria indústria de videogames. Com a chegada de novos consoles mais poderosos, a publicação começou a diminuir o espaço das plataformas mais antigas, seguindo simplesmente as que estavam em foco e até criou um espaço para o PC no fim da revista. Os jornalistas cobriram as maiores feiras e convenções sobre games, trazendo informações em primeira mão para todos os seus leitores. Várias seções foram criadas, os detonados estavam mais completos, a revista criou muitas promoções para motivar os leitores e a revista foi remodelada diversas vezes (até um papel e impressão melhores foram implementados) para agradar o público em geral.
O FIM
Com a evolução e popularização dos videogames, surgiram publicações concorrentes e a implementação do PC na revista, que não foi bem aceita pelos leitores, então o público-alvo já não se interessava pelo conteúdo da revista, nisso as vendas cairam drasticamente, então a editora decidiu descontinuar a publicação, nos deixando com ótimas lembranças.

Confira logo abaixo o pequeno documentário que o UOL fez sobre a revista:

Em breve especial sobre revistas de games!

Antigamente quando os gamers precisavam obter aluma informação, não procurava-se na internet como nos dias atuais, eles tinham de ir até a banca mais próxima e comprar o exemplar do mês de alguma revista especializada em games. Era natural ir em busca do seu exemplar, na banca de revistas mais próxima, na casa de um amigo (quando não se tinha dinheiro) ou até assinando a publicação, quando era possível.

Hoje em dia qualquer um, que queira informações sobre jogos de videogame, pode pesquisar na internet, onde análises, prévias, detonados, dicas e até mesmo revistas digitalizadas são de fácil acesso. Porém, mesmo com a facilidade proporcionada internet, os gamers ainda continuam a comprar suas revistas preferidas todo mês, nas bancas de todo o país.

Portanto em meados de 2011/2012 o UOL publicou em seu site, UOL JOGOS, uma galeria de imagens com várias capas de revistas brasileiras sobre games, clique aqui para conferir a galeria, (parece que as imagens das capas foram retiradas dos scans do pessoal da internet) e começaram a fazer matérias especiais sobre as revistas de games mais famosas do Brasil que fizeram sucesso na década de 90.

Nas matérias você poderá conferir os editores, colaboradores e redatores de cada publicação, contando as melhores histórias dos bastidores das revistas mais queridas por todos nós!

Você já comprou alguma revista antiga? Gosta de revistas de games? Poste nos comentários sua opinião!

Nintendo World Especial nº 03

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

Que tal mais uma Nintendo World? E se for uma edição especial só com Pokémon! Melhor ainda né?!

 

2ff4c-digitalizar0001Nintendo World Especial Nº 03
Editora: Conrad
Data de publicação: novembro de 1999
Scan: crimsonphoenix
Edição: B1R0NG4
Qualidade: 300dpi
Nº de páginas: 44
Formato: PDF e CBZ
Tamanho: 172MB

Nesta edição:

– Comece bem a leitura com Pokémon Gold & Silver.
– Na sequência Pokémon Stadium.
– E, para finalizar, Pokémon Yellow.

Nintendo World nº 140-A

Em 2010 a Nintendo World, presenteou seus leitores com uma edição digital e gratuita, a 140A. Ela traz as melhores reportagens da seção Planeta Pokémon publicadas em 2010, com mais de 50 páginas de alta qualidade.

Essa edição foi a primeira em formato digital que a Nintendo World publicou, e, na época, quem pegou a revista no site da própria revista, teve uma surpresa na página final, que era a próxima capa da revista. Muito bacana!

Nintendo World Nº 140-A
Editora: Tambor
Data de publicação: dezembro de 2010
Número de páginas: 59
Formato: PDF

Tamanho: 26mb

Nesta edição:

– O melhor dos monstrinhos em 2010!
– Planeta Pokémon, estratégias para você vencer todas as batalhas!
– Previews e reviews, Poképark Wii, HeartGold & SoulSilver e Black & White.

– Matérias especiais, jogo de cartas, bastidores de jogos e muito mais!

Download:

Nintendo World nº 80

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

Passando aqui rapidinho para deixar mais uma NW para vocês!

9a793-nintendoworldnc2ba80Nintendo World Nº 80
Editora: Conrad
Data de publicação: março de 2005
Digitalizado por: crimsonphoenix
Editado por: crimsonphoenix
Qualidade: 300dpi
Número de páginas: 64
Formato: PDF e CBZ

Tamanho: 81MB

 

Nesta edição:

– Uma empresa brasileira de jogos é destaque na seção Hot Shots!
– Tudo que tem de melhor no Admirável Mundo Nintendo!
– Algumas prévias das plataformas Nintendo!
– Não deixe de conferir os Reviews também!
– Esteja preparado para enfrentar os inimigos com a Estratégia de Star Fox Assault!
– Saiba como passar do Assignment Ada do Resident Evil 4 e de quebra uma entrevista com Hiroyuki Kobayashi!
– Saiba como pegar todos os itens especiais e corações na Estratégia de Zelda The Minish Cap!
– Não deixe de ler o N-Mail!
– Os melhores desenhos dos leitores no Hot Paint!
– Tudo sobre Pokémon no Pokémon World!
– As mais variadas Dicas para dar uma força!
– Volte ao passado com seção Retrô!
– E o Trivas e Pablo batem um papo sobre as empresas brasileiras de games!

Nintendo World nº 75

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

Passando por aqui para deixar mais uma revista! O pessoal que andou reclamando da falta de NW no blog, agora não pode mais reclamar, acabei de editar a revista. Confira!

Nintendo World Nº 75

Capa:
Editora: Conrad
Data de publicação: novembro de 2004
Digitalizado por: crimsonphoenix
Editado por: crimsonphoenix
Qualidade: 300dpi
Número de páginas: 64
Formato: PDF e CBZ
Tamanho: 71MB

Nintendo World nº 69

ESSA REVISTA SERÁ REFEITA PARA SE ENQUADRAR NO NOVO PADRÃO DE QUALIDADE RETROAVENGERS

Gunpei Yokoi  e sua equipe R&D1 da Nintendo, iniciaram o desenvolvimento do Game boy, o Console que revolucionou o mundo dos games.

Seu objetivo era simples, combinar todas as características que o Famicom (ou Nintendo Entertainment System) trazia, com a portabilidade do Game & Watch. O resultado foi o grande Game Boy, que fazia seus quinze anos durante esta publicação da Nintendo World.
Confira agora!

Nintendo World Nº 69

Capa:
Editora: Conrad
Data de publicação: maio de 2004
Digitalizado por: crimsonphoenix
Editado por: evil_arthas
Qualidade: 300dpi
Número de páginas: 84
Formato: PDF e CBZ
Tamanho: 102MB
Sinopse:
N-Mail

As melhores cartas de leitores são respondidas.

Hot Paint

Os melhores desenhos de leitores enviados para a redação.

Hot Shots

Notícias quentes do mundo Nintendo, nesta edição E3 2004 e Project Nitro.

Admirável Mundo Nintendo

Curiosidades do mundo Nintendo.

Previews
resident Evil 4 (GC)
Spider-Man 2 (GC)
Duel Masters: Sempai Legends (GBA)

Kirby & The Amazing Mirror (GBA)

Estratégia

Metal Gear Solid: The Twin Snakes

Especial

A Nintendo World comemora os quinze anos do Game Boy.

Reviews
Harvest Moon: A Wonderfull Life (GC)
Phantasy Star Online Episode 3 (GC)
Mario vs Donkey Kong (GBA)

Splinter cell: Pandora Tomorrow (GBA)

Super Classics

Conheça Tetris e seu criador e veja como esse jogo ajudou ao Game Boy a se tornar tão popular.

Dicas

Dicas para games de sistemas Nintendo.

Linha Cruzada

Pablo Miyazawa e eduardo Trivella batem um papo,o tema desta vez é “Paixão portátil!”.