GameShock Guide nº 04 – Exclusivo!

Adquiri essa revista num sebo com o único propósito de digitalizá-la e disponibilizá-la aqui, para todos. Nunca a li e nem sequer tem nela algum jogo que eu tenha experimentado. Às vezes isso acontece, mas temos que permanecer fiéis ao nosso propósito, que é digitalizar todas as revistas de games lançadas no Brasil (e, para mim, as lançadas até 12/2014).

É interessante abordar esse assunto porque sempre recebemos pedidos. Algumas vezes até somos criticados por lançar esta ou aquela revista. Porém, a nossa intenção é mesclar os lançamentos e ao fazer uma avaliação das revistas já lançadas por nós até hoje, percebi que demos mais enfoque às revistas mais antigas. Precisamos lançar as revistas mais novas para equilibrarmos os lançamentos. Continue lendo “GameShock Guide nº 04 – Exclusivo!”

Gamers Golpes nº 07

Soul Calibur foi o sucessor do excelente Soul Edge e conseguiu inovar e melhorar a franquia em vários aspectos. Quem ainda não experimentou, recomendo jogar a versão do Dreamcast, que conseguiu superar o arcade. Nessa Gamers Golpes, temos os golpes de 10 dos personagens principais.

A revista traz também os golpes e combos de The King of Fighters 98: The Slugfest, que fez muito sucesso nos fliperamas da época, e aborda também WWF War Zone, o que, para mim foi um desperdício de espaço, pois nunca joguei nenhum game dessa franquia. Continue lendo “Gamers Golpes nº 07”

Game-X nº 12

Na sequëncia, lançamos mais uma Game-X hoje.

Na capa, como na edição nº 13, que lançamos na semana passada, um jogo de N64, DOOM 64. Cheguei a jogar um pouco esse jogo no videogame de um amigo meu, mas nunca consegui me acostumar a jogar DOOM no controle. Talvez porque eu tenha jogado muito DOOM e DOOM II no PC, com mouse e teclado. Talvez seja apenas uma questão de costume. Na época eu tinha um Saturn e vivia feliz com os jogos de luta da Capcom/SNK pro console. Continue lendo “Game-X nº 12”

Game-X nº 13

Trazemos hoje uma Game-X! Essa edição traz Star Fox 64 na capa e eu infelizmente não posso dizer nada sobre o jogo, pois na geração SAT/PSX/N64 o único videogame que eu não tive foi o da Nintendo. Além disso eu também não joguei o primeiro jogo da franquia, para SNES.

Ao editar essa revista e, claro, lê-la, o que me chamou mais atenção foi a resposta a uma pergunta, na página 06, sobre as vantagens do CD sobre os cartuchos. Me lembro que era uma dúvida minha na época. Tem também uma notícia sobre as vendas do N64 não estarem dentro do esperado no Japão. Um prenúncio da vitória do PlayStation, que mundialmente vendeu 3 vezes mais do que o N64 e também deixou o Saturn comendo poeira. Continue lendo “Game-X nº 13”

Pedido: Super Dicas PlayStation nº 44

Esse pedido é bem antigo,  nem sequer me lembro quem solicitou o lançamento dessa revista, mas existiram alguns percalços até que ela ficasse pronta. Depois que eu escaneei ela, passei para um editor que desistiu de terminá-la, eu estava envolvido em outras revistas e na digitalização. Demorou cerca 2 anos até que o Douglas Ielker tomasse a frente e terminasse a revista. Continue lendo “Pedido: Super Dicas PlayStation nº 44”